Brazil Prosecutors Charge U.S. Journalist Glenn Greenwald With Cybercrimes

 

Antonio Tovo

22/01/2020

 

Em entrevista para o The Wall Street Journal no dia 21 de janeiro, Antonio Tovo, sócio do Souto Correa Advogados, opina sobre a denúncia apresentada pelo MPF contra Glenn Greenwald, jornalista e ativista americano, acusado de crimes cibernéticos que teriam resultado no hackeamento do celular do Ministro da Justiça Sergio Moro e de outros políticos e autoridades públicas.

 

Confira a entrevista completa clicando aqui.