Vale a pena mantermos o ‘cram down’ à brasileira?

 

No dia 15 de janeiro de 2020, o Portal JOTA publicou um artigo de autoria do sócio e especialista em Renda, Gabriel Garibotti, sobre o “cram down”, instituto pelo qual o Plano de Recuperação Judicial rejeitado pode ser imposto aos credores, conforme dispõe o art. 58, §§ 1º e 2º, da LREF, e os contornos únicos que lhe foram outorgados pela legislação brasileira.

Clique aqui e leia a matéria publicada pelo Portal JOTA.