Justiça anula sentença arbitral que condenou Petrobras a indenizar acionistas

 

Marcelo Gandelman

11/11/20 – Conjur

 

Por irregularidades na produção de provas, a 5ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro anulou, nesta terça-feira (10/11), sentença arbitral que condenou a Petrobras a ressarcir os fundos de pensão Petros (de funcionários da Petrobras) e Previ (de funcionários do Banco do Brasil) pela desvalorização das ações devido à operação “lava jato”. Confira os comentários do sócio de Souto Correa Advogados, Marcelo Gandelman, sobre o caso.

ConJur

O GLOBO (link exclusivo para assinantes).