Comerc e a Casa dos Ventos firmaram parceria para explorar oportunidades de co-investimento em projetos de hidrogênio verde

A Comerc – por meio da Nexway – e a Casa dos Ventos firmaram uma parceria para desenvolver e explorar oportunidades de co-investimento em projetos de hidrogênio verde, um mercado em crescimento que deve crescer exponencialmente devido às preocupações gerais com as mudanças climáticas. De acordo com um relatório publicado recentemente pela Agência Internacional de Energia, “11 países da região [América Latina] publicaram ou estão atualmente preparando estratégias e roteiros nacionais para o hidrogênio, e um pipeline de mais de 25 projetos de hidrogênio de baixo carbono estão no estágios iniciais de desenvolvimento. ”

Nexway é a empresa de eficiência energética do Grupo Comerc, uma das maiores comercializadoras de energia do Brasil. A Casa dos Ventos se destaca como incorporadora e operadora de projetos de geração renovável e atualmente tem em construção e operação 1,5 GW em usinas eólicas, com previsão de atingir 3 GW até 2026.

Nos próximos dez anos, os executivos estimam que os projetos de hidrogênio verde vão demandar cerca de US $ 4 bilhões e, juntos, a intenção dos sócios é criar seus próprios projetos, com foco na exportação do produto, e também desenvolver outras plantas para vender para investidores. Segundo Marcel Haratz, CEO da Nexway, os sócios estão se preparando para um leilão de hidrogênio, previsto pelo governo alemão para ocorrer nos próximos meses, e também há negociações contratuais avançadas no Brasil.

Souto Correa assessorou a Nexway em todo o processo de negociação do acordo, do ponto de vista tributário, societário e regulatório. A assessoria jurídica foi conduzida pelos sócios Lívia Amorim e Mauricio Paschoal e contou com a participação dos demais sócios do escritório, Isabelle Bueno e Giácomo Paro. Internamente, o processo foi conduzido por Elisa Pascoal e Karina K. Yunan Kyriakos Saad da Casa dos Ventos, Camilla Sisti e Lawrence Colchin.