Souto Correa Advogados anuncia quatro novos sócios de capital

Promoções fortalecem as áreas de Resolução de Conflitos, Energia e Trabalhista

Souto Correa anuncia a promoção de quatro advogados à sociedade de capital: Patrícia Mota Alves (Trabalhista), Fabio Henrique Di Lallo Dias (Energia), Otávio Domit e Luis Alberto Salton Peretti (Resolução de Conflitos).

Patrícia Mota Alves (São Paulo) tem mais de 10 anos de atuação na área trabalhista e integra o Souto Correa desde a sua fundação em 2013. Trabalha em demandas de alta complexidade, negociações coletivas, elaboração de políticas e revisão de práticas trabalhistas, bem como em temas de Global Mobility, Proteção de Dados, Compliance e ESG. É membro do Comitê de Diversidade do escritório, tendo sido reconhecida nesse tema como Future Leader pelo Chambers Diversity & Inclusion em 2020.

Otávio Domit (Porto Alegre) tem mais de 12 anos de atuação em contencioso judicial estratégico e também integra o escritório desde a sua fundação. Sua prática envolve o atendimento de clientes nacionais e estrangeiros em litígios de alta complexidade relativos a diferentes setores da indústria. Otávio também é doutor em direito processual, professor visitante e autor de artigos e livro na área do direito processual civil.

Fabio Di Lallo (São Paulo) é especialista em Direito da Energia. Sua prática envolve questões estratégicas do setor elétrico, sendo que possui mais de 15 anos de experiência na área. Fabio é mestre e doutor pela Universidade de São Paulo e co-autor do Manual de Direito da Energia Elétrica.

Luis Alberto Salton Peretti (São Paulo) integra a equipe de resolução de conflitos, atuando principalmente em arbitragens nacionais e internacionais. Antes de ingressar no escritório em 2019, foi o secretário-geral de uma importante instituição de arbitragem da América Latina durante dois anos. Luis é fluente em mandarim, membro ativo do Asian Desk do escritório e integra as listas de árbitros de diversas instituições na China e no Brasil.

Os novos sócios são anunciados na mesma data em que Guilherme Rizzo Amaral assume como CEO do escritório, sucedendo a Carlos Souto. O processo sucessório havia sido iniciado em agosto de 2020 e a mudança na liderança foi o resultado natural dentro do contexto da governança do escritório.

“Essas promoções são resultado do nosso foco nas pessoas e parte de uma estratégia bem-sucedida de combinar talentos internos e contratações laterais na expansão do escritório”, afirma Souto.

Segundo Amaral, as promoções também refletem a crescente demanda dos clientes nas áreas dos advogados promovidos: “A crise econômica e o impacto da pandemia da Covid-19 aumentaram o volume de conflitos e de ajustes necessários em práticas e políticas trabalhistas. Por outro lado, o setor elétrico no Brasil deve receber investimentos de mais de 4 bilhões de dólares até 2026 e estamos bem posicionados para participar desse processo”.

Com essas promoções, Souto Correa passa a ter, dentre seus 140 advogados, 28 sócios de capital, considerando as contratações laterais de Mauricio Paschoal (Societário) e Anna Paula Carvalho (Compliance e Energia), ambas ocorridas em 2021.

Confira a matéria publicada pela Análise Editorial, clicando aqui.